Inaugurando 2014

_blog

(ensaio de “À Queima-Roupa” por Lucas Mayor)

Tive muito pouco tempo pra me dedicar por aqui. O ano de 2013 foi difícil em quase todas as áreas que trabalho. No Teatro, não, tudo du caralho, a não ser a imensa perda do meu irmão Paulo de Tharso. Uma sacanagem, uma grande sacanagem. “O Inferno em Mim” e “Borrasca”, do meu amigo Mário Bortolotto, e ainda, a imortal “Querência” do gigante Cornélio Pires me ajudaram a tocar a tristeza meio que pra um pouco mais longe de mim. E agora, em 2014, veio a estreia (já no terceiro dia do ano novo) de “À Queima-Roupa” do, sempre ele, o impressionante amigo e irmão Mário Bortolotto. Bom demais fazer parte desse elenco e técnica fudidos de ótimos de se trabalhar. Em outra hora, boto aqui a ficha técnica mais detalhada. Por enquanto, vai o link das imagens capturadas por mais uma figura gigante do teatro brasileiro, a Lenise Pinheiro da Folha de São Paulo, através do seu blog Cacilda:

http://cacilda.blogfolha.uol.com.br/2014/01/05/a-queima-roupa/

Anúncios

Enfim: o ano vai começar

Quem disse que eu não gosto de teatro?

  • AUTOBAHN de N. Labute, no Sesc Sorocaba, agora no dia 22/02/2012;
  • MEDUSA DE RAYBAN de Mário Bortolotto, temporada de 03 de março à 01 de abril/2012, como nos velhos tempos, de quarta a domingo, no Estação Caneca, na rua Frei Caneca, 384 – Consolação.
  • MÚSICA PARA NINAR DINOSSAUROS também do Mário Bortolotto, nos dias 20, 21 e 22 de abril, nas cidades de Ilha Solteira, Fernandópolis e Votuporanga.

Mais um edital…

Chega a ser engraçado a quantidade de editais que tive a oportunidade de participar, seja como proponente, ou como parte dos projetos. Chega a ser triste o meu pessimismo diante de tais editais. Se o meu trabalho dependesse destes tais editais, acredito que teria feito no máximo uns dois ou três trabalhos em mais de 30 anos trabalhando com teatro. Isso daria um debate enorme. Já passei por coisas absurdas, as quais não tenho o menor saco de discorrer sobre.

A importância do que vivi…

Gostaria de pedir aos amigos e profissionais que dividiram comigo os meus momentos no teatro e tenham algum material, tipo, fotos antigas, textos sobre as peças, observações sobre os trabalhos, que encontrarem erros nos créditos, trechos filmados, e o que mais for possível, me enviassem estes materiais. Estou curtindo muito montar esse blog site e acho que é uma forma bacana de documentar tudo que vivi e dividi com vocês. Tenho muito orgulho desta história toda e faço questão de deixá-la registrada. Simplesmente para que não se perca…